Conheça o projeto de uma picape Toyota Bandeirante, de concepção e robustez renovadas

Por James Garcia Fotos Carla Coelho

Essa Toyota Bandeirante chegou na vida de Leonardo Morbi, 43 anos, empresário goiano, quase que por acaso. Ela é o resultado do saldo de uma dívida, porém o veículo estava bastante deteriorado, necessitando de uma reforma geral.

Quando chegou, a Toyota estava judiada

Originalmente se tratava de uma versão cabine simples OJ55LP-BL3 1994, com carroceria de madeira, equipada com motor MB 364, câmbio de cinco marchas, 4×4 reduzida.

Assim que o negócio foi feito, em 2015, Leo levou a picape para a oficina de Anselmo Barbosa (Torneadora Carvalho especialista em Off Road), onde foi realizado o projeto.

O novo dono da Band sempre gostou de veículos 4×4 e essa paixão foi aumentando com a necessidade de enfrentar estradas em seus deslocamentos, pelos estados de GO, MS, MT e PA.  Tendo essas premissas em mente, um novo 4×4 foi ganhando forma.

Além de uma restauração completa, a guerreira ganhou SPOA de suspensão, amortecedores OffShox  serie FX 5 feito sob medida, guincho EK35 Ekron , rodas  ano 17 marca Incubus Alloys, pneus  BF Goodrich 17/ 12,5/37 All Terrain KO 2, bloqueio de diferencial Kaiser, freio a disco nas 4 rodas, um motor novo 364 LA turbo cooler dotado de turbina Borg Warner K16, faróis dianteiros em Led (Jeep Wrangler ), barra de Led curva  52 Inch 500w Philips ,4 faróis  18w Cree Led, lanternas FJ 40, bancos em couro Fusion, tanque de combustível D20 com Bocal  CLA Snorkel, rádio PX e, finalmente, pintura PU verde fosco.

Interessante lembrar que em processos complexos como esse, a ajuda de vários amigos e troca de ideias com grupos de toyoteiros no whatsapp e facebook, é muito importante.

Inicialmente o formato de cabine simples seria mantido, porém quando já estava na fase da montagem um amigo brincou que Leo não caberia dentro dela, uma vez que o dono tem 1,85 m de altura.

Leonardo e sua, agora, confortável picape de cabine alongada

“Fiquei pensando durante um mês numa solução, pois conclui que ficaria muito desconfortável em longos deslocamentos. Então surgiu a ideia de mudar o projeto e fazer uma cabine alongada”, lembrou Leonardo.  

Várias possibilidades foram estudas a optou-se pela aquisição da lataria de uma cabine dupla usada, que seria encurtada. A cabine ficou 30 cm maior que uma cabine simples e a carroceria encurtou também 30 cm. Foram aproveitados os vincos da lataria da cabine dupla que originaram uma nova janela na parte alongada, que, por sua vez, recebeu um vidro fixo, cortado na medida. 

Algumas peças como a carroceria de lata, porta, cambio de 5 marchas, foram compradas de um comerciante de peças usadas da Capital das Toyotas  Bandeirante,  Brejo da Madre de Deus  – , em Pernambuco.

No interior foram usados dois bancos dianteiros do Ford Fusion e, para o espaço atrás deles, foi fabricado um pequeno banco e embaixo do acento um baú para guardar ferramentas, acessórios obrigatórios (triângulo, macaco, chave de roda, corda etc.)

O motor MB 364 foi todo retificado e dimensionado para receber o Turbo Cooler, ficando na mesma configuração do MB 364 LA, bomba injetora com LDA, turbina Borg Warner K16 e intercooler.

Um conjunto de faróis em Led do Jeep Wrangler com Barra de led de 500 w, perfeita para deslocamentos noturnos, completa o projeto. 

Para Leonardo, o gratificante ao executar um projeto como este foi conquistar novos amigos a partir das trocas de informações.

“O legal disso tudo é a amizade e esse espirito de ajuda que o pessoal do Off Road tem. Isso não tem dinheiro que pague”, finalizou com sabedoria.