Rally dos Sertões: Ex-campeões mundiais e do Sertões preparados para vencer novamente

 

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin vão aproveitar a experiência de campeões mundiais de Rally Cross Country e do Rally dos Sertões para tentar outro sucesso

 

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin venceram o Rally dos Sertões em 2015 (Foto: Sanderson Pereira/Divulgação)

 

Campeões Mundiais de Rally Cross Country em 2012 e vencedores do Rally dos Sertões em 2015, o piloto paulista Reinaldo Varela e o navegador catarinense Gustavo Gugelmin (Divino Fogão / Blindarte / Tecmin) vão usar toda a sua experiência para brigar novamente pela vitória na principal prova de off-road do Brasil e uma das principais do mundo. A 25ª edição do Rally dos Sertões será realizada de 19 a 26 de agosto, largando em Goiânia (GO) para terminar em Bonito (MS).

“Estamos bem empolgados, pois este ano é uma edição histórica, 25 anos da competição mais famosa e importante do Brasil e com trajeto inédito”, declara Varela, bicampeão Mundial de Rally Cross Country (2000 e 2013), e com sete vitórias no Rally dos Sertões por categoria (98, 99, 2000, 2007, 2008, 2012 e 2015) e duas vezes (2000 e 2015) na classificação Geral.

O Divino Fogão Rally Team vai participar com uma picape Ranger, com chassi tubular, motor V8 de 350 hp de potência e câmbio sequencial, montada em Portugal pela South Racing, que vem com os seus mecânicos e engenheiros pelo terceiro ano consecutivo.

 

 

“Vamos participar com o mesmo corpo técnico que venceu o Rally dos Sertões conosco em 2015. Este ano optamos por uma picape que eles estão desenvolvendo no Campeonato Mundial e que vem evoluindo e está bem competitiva”, contou Reinaldo. A estrutura do time é composta por um caminhão, um motor-home, dois trailers para 10 pessoas cada um, três camionetes, e dois carros de apoio.

“Este ano o Rally dos Sertões será muito difícil, com novo trajeto, nova região, um lugar em que nunca chegamos e isso é muito bom. A gente tem um pais muito grande e nosso terreno tem muito espaço para ser explorado. É uma perspectiva diferente, com muita diversidade”, aponta Gugelmin. “Esse ano não temos dunas, mas vai ser difícil igual, em função da gente pegar um terreno que desconhece, que é o chão de Mato Grosso”, avalia o navegador catarinense.

 

Protótipo Ranger do Divino Fogão Rally Team (Foto: Divulgação)

 

Confira a programação e roteiro do Rally dos Sertões 2017:

19/08/2017 – Prólogo e Largada Promocional.

 

20/08/2017 – 1ª Etapa

Goiânia (GO ) – Goianésia (GO)

Deslocamento Inicial – 120 km

Especial (trecho cronometrado) – 310 km

Deslocamento final – 130 km

Total do dia – 560 km

 

21/08/2017 – 2ª Etapa

Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO)

Deslocamento Inicial – 54 km

Especial (trecho cronometrado) – 272 km

Deslocamento final -3 km

Total do dia – 329 km

 

22/08/2017 – 3ª Etapa

Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)

Deslocamento Inicial – 1 km

Especial (trecho cronometrado) – 270 km

Deslocamento final – 15 km

Total do dia – 286 km

 

23/08/2017 – 4ª Etapa

Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)

Deslocamento Inicial – 120 km

Especial (trecho cronometrado) – 240 km

Deslocamento final – 70 km

Total do dia – 430 km

 

24/08/2017 – 5ª Etapa

Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)

Deslocamento Inicial – 42 km

Especial (trecho cronometrado) – 260 km

Deslocamento final – 130 km

Total do dia – 432 km

 

25/08/2017 – 6ª Etapa

Coxim (MS) – Aquidauana (MS)

Deslocamento Inicial – 56 km

Especial (trecho cronometrado) – 240 km

Deslocamento final – 30 km

Total do dia – 326 km

 

26/08/2017 –  7ª e última etapa

Aquidauana (MS) – Bonito (MS)

Deslocamento Inicial – 120 km

Especial (trecho cronometrado) – 230 km

Deslocamento final – 80 km

Total do dia – 430 km