O Monster Jam, um dos maiores e mais radicais espetáculos de ação em quatro rodas do mundo, desembarca novamente no Brasil em dezembro e as grandes estrelas do evento acabam de ser confirmadas.

Os temas dos trucks gigantes, que se enfrentam em provas que mesclam manobras radicais, altura, distância e muita adrenalina, sempre são um show à parte para garantir a interação do público no evento, já que grande parte dos fãs torce para o seu favorito durante as competições.

Customização com qualidade profissional ao máximo alcance

Para esse ano, os entusiastas do Monster Jam® já podem começar a se preparar para dar apoio ao seu truck do coração, pois o line-up da edição 2019 foi definido.

Confira abaixo:
1. El Toro Loco – Mark List
2. Monster Energy® – Steven Sims
3. Grave Digger – Charlie Pauken
4. Max D – Cam McQueen
5. Megalodon – Chad Tingler
6. Monster Mutt® Dalmatian – Candice Jolly
7. Zombie – Becky McDonough
8. Gas Monkey Garage – BJ Johnson

O Monster Jam® acontece no dia 21 de dezembro, às 14h e às 20h, no Allianz Parque, em São Paulo. Os ingressos estão à venda nas bilheterias do Teatro Bradesco (Shopping Bourbon) e Teatro Opus (Shopping Villa-Lobos), e pelo site uhuu.com.

Realização: Opus Promoções e da Feld Entertainment. Confira o serviço completo e mais informações no release abaixo.

Siga o Monster Jam nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MonsterJam
Twitter: www.twitter.com/MonsterJam
Instagram: www.instagram.com/MonsterJam
YouTube: www.youtube.com/MonsterJamLive

Quando se fala em Monster Jam® tudo é superlativo. São trucks gigantes, pilotos muito bem treinados e a mais alta adrenalina no maior evento em quatro rodas do mundo.

Serão 18 tipos diferentes de maquinários utilizados como escavadeiras, caminhões, tratores, empilhadeiras, entre outros para movimentar os mais de 3.500m³ de terra, equivalente a 200 caminhões lotados. Para o transporte dessa carga são necessárias em média 600 viagens para que toda a terra seja levada aos locais em diferentes ocasiões.



A terra utilizada não pode ser qualquer uma. Ela é tratada e preparada para ter a textura ideal para uso. Sendo assim, após ser peneirada, o produto deve ser composto por 70% de argila e 30% de areia. O teor de umidade deve ser inferior a 18% e para que esteja no ponto certo recebe todos esses cuidados uma semana antes da montagem. A terra é proveniente de aterros legalizados.  A retirada, a utilização, o armazenamento e o descarte do material são regulamentados e autorizados pela AMLURB (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, órgão pertencente a Prefeitura da cidade de São Paulo responsável pela gestão de resíduos e limpeza urbana).

A própria logística para entradas e saídas de maquinários é complexa, mas extremamente organizada. Profissionais, trucks, caminhões são posicionados e retirados de forma muito natural e pontual do estádio. “Tudo funciona no local e horário pré-estabelecidos. Para produtores e realizadores é uma satisfação ver tudo ocorrendo de forma coreografada, como planejado”, comenta Andresa Spagnolo, Coordenadora de Produção da Opus. Serão mais de dez containers entre itens de oficina, trucks e elementos necessários para a realização do evento.

Para que tudo esteja pronto para a apresentação são necessárias em média 36 horas de trabalho, já para a desmontagem pouco mais de 10h. Isso tudo corresponde a um envolvimento direto e indireto de cerca de 800 profissionais das mais diferentes áreas de atuação.

PROGRAMAÇÃO
10h – Pit Party
12h – Encerramento Pit Party
12h – Abertura dos portões para o primeiro show
14h – Primeiro show
16h – Encerramento do primeiro show
18h – Abertura dos portões para o segundo show
20h – Segundo show