Foto Jaqueline Gazaniga

Homenagem ocorreu durante a solenidade de 74º Aniversário da Vitória dos Aliados na Segunda Guerra Mundial, em Camboriú

O presidente do Brusque Jeep Clube e da Comissão Organizadora da XXVI Festa Nacional do Jeep, Vilmar Walendowsky (Negão) participou no último sábado, 4 de maio, da solenidade do Dia da Vitória, que celebrou o 74º Aniversário da Vitória dos Aliados na Segunda Guerra Mundial.

O evento, realizado no Monumento aos Eternos Combatentes da FEB, na Praça Expedicionários, em Camboriú, foi realizado pela Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANFEB – Seção Regional de Itajaí) e contou com a presença de veteranos da Segunda Guerra, além de representantes da Marinha, Exército, da 14ª Brigada de Infantaria de Florianópolis, Aeronáutica, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Militar, bem como de convidados e familiares dos homenageados e ex-combatentes.  

Durante o evento, a Festa Nacional do Jeep recebeu o Diploma de ‘Amiga da Força Expedicionária Brasileira’ em reconhecimento às sucessivas demonstrações de apreço, ao espírito de brasilidade, bem como aos relevantes serviços prestados aos veteranos do Brasil. Além disso, Negão recebeu a condecoração da medalha ‘“Eternos Combatentes’ como forma de agradecimento ao seu trabalho realizado em prol da preservação de veículos militares e jipes, bem como ações que valorizam e honram o pós-guerra.


Vilmar Walendowsky (Negão) recebe a homenagem em nome da Fenajeep

“Foi algo muito emocionante, toda a solenidade em si, desde a execução do Hino Nacional, até a homenagem aos soldados que morreram na Guerra. Sem dúvida para a Fenajeep e para mim receber essas homenagens é algo engrandecedor e só nos incentiva ainda mais a continuar com esse trabalho, em transformar algo utilizado para a Guerra, que foram os veículos, em um símbolo de paz, amizade e alegria, como se tornaram os jipes e a Fenajeep”, comentou.

Na oportunidade estiveram presentes também dois ex-combatentes da FEB, José Bernardino Coelho e Hugo Pedro Felisbino, que estiveram na 2ª Guerra. Ambos foram homenageados, realizaram uma homenagem aos soldados falecidos em combate e relataram um pouco de suas experiências e trajetórias de vida. “Esse foi um momento muito especial do evento. São pessoas que passaram pela Guerra, sobreviveram, contaram alguns fatos da época e ter a oportunidade de conhece-los foi muito gratificante. Um deles, o senhor Hugo está com quase cem anos de idade e uma grande lucidez. Convidamos eles também para estarem presentes na XXVI Fenajeep e sem dúvida será uma honra poder recebe-los em nosso evento”, completou Negão.

Negão e dois dos condecorados pelo evento

Durante a solenidade também foram distribuídos exemplares da Revista dos 25 anos da Festa Nacional do Jeep, que contam um pouco da história e da trajetória do maior evento off-road da América Latina.

Em 2019, a XXVI Festa Nacional do Jeep acontece em Brusque nos dias 19 a 23 de junho.