Aventura radical é no Transcatarina

 

De Fraiburgo a Itajaí, SC, serão quatro dias encarando o melhor do off-road do País e, das seis categorias disponíveis no Transcatarina, a Passeio Radical faz muito sucesso entre aqueles que não querem encarar nenhum tipo de disputa e buscam por um pouco mais de adrenalina (sem exagerar na dose)

Fotos Douglas Fagundes

 

 

 

De 11 a 15 de julho, acontecerá a nona edição do Transcatarina, que é um verdadeiro parque de diversões, com “brinquedos” para todos os tipos de corações. Além das duplas que disputam acirradamente o título da prova mais concorrida do Brasil (pelas categorias Máster, Graduados e Turismo), existem os praticantes do off-road que buscam apenas a adrenalina sem se preocupar com o tempo. Para este perfil de pessoas, a Passeio, Passeio Radical e Adventure sempre são um prato cheio.

 

A Passeio Radical é a categoria com grau de dificuldade mediano – está classificada entre a Passeio e a Adventure. É indicada para quem não tem tanta experiência no fora-de-estrada e deseja aprender e aprimorar as habilidades que esta prática exige.

De acordo com o diretor geral do evento, Edson João da Costa, o levantamento do roteiro da Passeio Radical começou em março e está a todo vapor. “A ideia é entregar ao participante um trajeto de dificuldade média, com erosões, pequenos atoleiros, travessia de rios e outros obstáculos naturais nos quais os veículos têm condições de sobrepor sem riscos de avarias”, contou Costa, que completou. “Qualquer veículo 4×4 com pneus mud, e pessoas com um pouco de conhecimento off-road pode participar e se divertir. Este grupo será conduzido pelo Telmo Bastos e uma equipe com bastante conhecimento no assunto” .

 

Através do site www.transcatarina.com.br é possível garantir um lugar no Transcatarina 2017, que reunirá mais de 700 pessoas para percorrer aproximadamente 800 quilômetros entre Fraiburgo e Itajaí, passando por Canoinhas e Rio Negrinho (e mais de dezenas de cidades que estarão ao longo do caminho).

O catarinense Rodrigo Koegler, de Jaraguá do Sul, estará neste comboio e ele afirma que optou pela Passeio Radical por ter um pouco mais de emoção que os passeios convencionais. “Eu só espero que chova, porque de resto tenho certeza de que será tudo perfeito. Participo de algumas expedições, e no ano passado participei pela primeira vez do Transcatarina pela categoria Passeio. Posso dizer que este é um dos melhores eventos do País”, elogiou ele, que estará na companhia de Robson Luiz Scoz, também de Jaraguá do Sul.

 

Na terça-feira, 11 de julho, o Hotel Renar, em Friaburgo, começará a receber os off-roaders. Na quarta-feira, 12, já acontecerá a primeira trilha para quem estiver inscrito na Passeio Radical.